Arquivo | abril, 2010

Filosofia pura

24 abr

Incrível como uma aula de cursinho passa tão rápido por causa de um assunto. Foi a aula de biologia e o professor estava falando sobre Charles Darwin e a história dele, o que ele pesquisava,  e citou a teoria dele, a teoria da evolução (que nem é mais teoria, é fato).

Com isso ele começou a falar das teorias fixistas e criacionistas. É, cerca de 90% das pessoas que eu conheço são a favor das teorias criacionistas, ou seja, tudo o que existe hoje, é devido a uma criação divina. E o professor comentou que antes de ele ingressar na faculdade,  ele acreditava como muitas pessoas, na teoria criacionista e depois de ingressar na faculdade de biologia ele parou pra pensar e viu que aquilo não fazia sentido.

Não sei desde quando sou contra a lei criacionista. Aliás, nunca acreditei nesse negócio de que existe um ser supremo a nós, que criou Adão e Eva e mimimi. Só sei que quando eu parei pra pensar em tudo o que existe, foi quando li filosofia, onde uma das afirmações era “nada pode surgir do nada”. É, eu gosto mesmo de filosofia e daí? E foi a partir daí que comecei a me interessar por essas coisas.

É, realmente pensa bem. Nada pode surgir do nada. Tudo tem um começo. O monitor do seu PC foi construído a partir de alguma coisa, e essa alguma coisa foi construída a partir de outra coisa e essa outra coisa foi construída por mais alguma coisa e assim sucessivamente. Até a privada que você caga surgiu de alguma coisa HAHAHAHAHAHA er brimks parei.Só pra descontrair.

A teoria criacionista fala que Deus criou tudo certo? Mas de onde surgiu Deus? Do nada? É pode até ter sido do nada, mas tente imaginar o nada. Não tem como imaginar o nada. E nem o infinito. É por esse motivo que eu não acredito na teoria do criacionismo.

O fato da evolução já tem mais coerência né. Tudo evolui. MEU, os caras antes de cristo já pensavam sobre isso. Heráclito dizia “Não podemos entrar no mesmo rio 2 vezes, porque quando entramos pela segunda vez, tanto eu quanto ele já estamos mudados”. É, essas coisas me deixa fascinado. Viajo mesmo HUAIEHAIUEHAUIHE.

Escrevi isso só pra expressar minha opinião e fazer você quem está lendo, pensar mais um pouco nos seus conceitos. É, acho que to ficando drogado -n

 

 

 

uma bosta na sua vida!

21 abr

O ano de vestibular é corrido pra muitos estudantes. Não, acho que acabei generalizando demais. É corrido pra quem leva o assunto a sério.

Juro, que todo dia eu fico inconformado com a quantidade de pessoas que querem prestar uma boa faculdade e estão simplesmente na farra.

É, concordo que a vida não é só estudar, mas acho que em ano de vestibular as pessoas precisam se abdicar de algumas coisas, e as festinhas são uma delas.

Hoje eu assisti um pedaço do programa Profissão Repórter e achei muito legal o que eles abordaram. Admito que fiquei arrepiado quando vi o pessoal fazendo uma comemoração após terem concluído a faculdade. Mey, quando isso acontecer comigo, vou gozar litros HAHAHAHAHAHA er brimks.

OK, isso está muito sério.

Esse ano sem dúvida nenhuma, é o que eu mais estou me dedicando aos estudos. E quando eu estava na quinta/sexta série e via aquele monte de cálculos e regrinhas de português eu me perguntava (a maioria se perguntava né) “Quando é que eu vou usar essa bosta na minha vida?”. Pois é, esse ano vou ter que usar a bosta pra me dar bem na vida. HUASIHDIA incrível como a vida é very funny.

No cursinho de vez em quando vão alguns ex-alunos falarem em quais faculdades passaram e etc. Tinha uma menina lá que passou em 5 ALOCA. Acho digno esse pessoal esforçado e nerd, e uso eles como inspiração pra passar. É, por incrível que pareça eu quero ser admirado e chegar algum falando:  “Passei em 45612562 faculdades, morra de inveja beijos me liga”. HAUISHDIAUSHDUIAHSD .

É. Algum dia tudo isso vai se concretizar acredito eu.

Ou não.

Idiotice minha

17 abr

É, eu deletei um word press e aqui estou eu de novo.

Acho que 95% das pessoas que eu conheço, que ainda frequentam a escola, dizem que odeiam frequentá-la. Eu me incluo nesse 5% restante, onde dizem que gostam ou não vêem nada demais em ir na escola.

Acabei refletindo isso, porque nunca faltei 3 dias seguidos da escola e nunca tinha ficado doente como aconteceu. No máximo era 1 dia de falta e sempre foi por causa de gripe (é, eu fico gripado facilmente). Dessa vez peguei virose ):

Se eu estudasse em 1 escola, por mim tudo bem né. Mas não. Além do médio, tem o técnico e o cursinho. O médio eu fiquei meio sussegado porque minha mãe foi avisar a escola que eu estava doente e a coordenadora disse que como eu sou um bom aluno (é, sou mesmo. me achei beijos rs) ela conversaria com os professores pra me darem uma chance. Ainda bem que sou um bom aluno né.

O ensino técnico eu não me preocupei tanto, porque não é tão puxado como o médio e o cursinho. Mas o que me fez falta mesmo foi o pessoal do técnico ): animações pra tarde KD

Me fudi legal no cursinho né. Principalmente na parte de exatas. Nunca me dou bem com contas, então emprestei o caderno de uma amiga pra copiar o que perdi. Química, Física, Matemática. É, são os meus maiores problemas.

Hoje é o 5° dia que estou quase morrendo, e hoje tem aula de japonês. Não, eu não quero perder essa aula, porque é só 1 vez na semana e é muito legal ❤

enfim, acho que escrevi demais, e já estou começando a sentir dores ):

:* rere